A Record, finalmente, se iguala à Globo

Nenhum comentário

Ontem, 4/10/2018, noite de domingo, a TV Record finalmente conseguiu seu intento: igualou-se à TV Globo.

Durante o debate da Globo com os candidatos a presidente, a Record exibiu uma entrevista com um dos candidatos, Jair Bolsonaro. Tratado desde a primeira pergunta como ‘candidato’ pelo repórter, Bolsonaro respondeu como candidato. O repórter fez poucas perguntas, abertas e pouco objetivas, e o entrevistado respondeu longamente, sem nenhum interrupção nem contestação por parte do repórter – nem mesmo quando afirmou que não há vídeos que provando que ele disse o que os adversário dizem que ele disse e ele nega ter dito.

Enfim, 29 anos depois, em 2018, a Record iguala a Globo de 1989.

Em 1989, usando imagens de um debate com candidatos a presidente, a Globo exibiu uma edição francamente favorável a Collor, em detrimento de Lula. Era quase véspera da votação, não houve tempo de exibir outra e apenas anos depois a Globo veio a admitir o erro.

Em 2018, a Record chegou lá: na mesma semana em que seu proprietário declarou publicamente apoio a Bolsonaro, o candidato falou sozinho, e não haverá tempo para nenhum outro falar do mesmo modo.

A entrevista com Bolsonaro no Jornal da Record é a edição do debate favorecendo Collor no Jornal Nacional. Ontem como hoje, certamente amanhã também. O fundo do poço é sempre um alçapão a nos jogar mais para baixo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s